Magazine Luiza (MGLU3): Conhecendo a empresa

Autor(a):

Hoje, comentarei um pouco sobre uma das empresas que fez parte da minha história como profissional e investidor: falarei sobre a Magazine Luiza, ou MGLU3.

A empresa é uma das lideres do comércio eletrônico (e-commerce) no país e vem crescendo progressivamente desde o ano de 2016.

Em tempos de pandemia, muitas pessoas têm usado o e-commerce como um meio seguro para fazer compras. Então, empresas como a Magazine Luiza, ou MGLU3, apresentam uma tendência a expandir suas vendas remotas durante este período.

Sendo assim, vou comentar sobre a minha história com a empresa, fazer uma análise geral sobre a MGLU3.

A minha história com a Magazine Luiza (MGLU3)

Antes de mais nada, todos devem se perguntar como eu conheço tão bem a empresa?

Em primeiro lugar, como muitos de vocês já sabem, eu trabalhei cerca de 1 ano na Magazine Luiza e percebi que a empresa passava por um processo de reestruturação.

Naquela época, eu comecei a ver as mudanças da empresa ainda como funcionário! No mesmo período, comecei a estudar a empresa com mais detalhes!

Isso me ajudou bastante a enxergar o potencial da empresa no longo prazo!

Posteriormente, no ano de 2016, resolvi investir na Magazine Luiza (MGLU3), pois notei que a empresa estava em um momento de reestruturação.

Nos anos seguintes, a Magalú simplesmente explodiu na bolsa de valores (Figura 1), sendo que neste período já aconteceram dois desdobramentos das ações MGLU3!

mglu3 gráfico 2016-2020
Figura 1: Gráfico da MGLU3 desde 2016.
Fonte: Google Finance

Hoje, em julho de 2020, as ações da MGLU3 já representam a maior posição na minha carteira de investimentos devido a essa valorização absurda dos últimos anos!

Agora que você já sabe um pouco da minha história com a Magazine Luiza (MGLU3), vamos analisar alguns pontos da empresa!

O que é a Magazine Luiza (MGLU3) e o que a empresa faz?

A Magazine Luiza (MGLU3) é considerada a maior empresa e a empresa líder do segmento de varejo e e-commerce do Brasil. A empresa foi fundada oficialmente em 1957.

A empresa apresenta milhões de opções de produtos para venda desde eletrônicos e eletroportáteis até produtos de cama, mesa e banho.

magazine luiza (MGLU3)
Figura 2: Logomarca da Magazine Luiza.
Fonte: https://ri.magazineluiza.com.br/Default.aspx

De acordo com a apresentação institucional de dezembro de 2019, a empresa movimentou 24 bilhões de reais em vendas totais através de 24 milhões de clientes ativos.

Atualmente, a empresa já possui 1100 lojas espalhadas pelo país com 17 centros de distribuição de produtos que têm posicionamentos estratégicos em termos logísticos.

Além disso, a Magazine Luiza (MGLU3) já possui cerca de 50 % das vendas relacionadas ao e-commerce, o que mostra a tendência da empresa de migração do modelo varejista tradicional para o comercio por meio eletrônico.

Como é o atual modelo de negócio da empresa?

Nos últimos anos, a empresa vem transformando seu modelo de negócio através da migração de um sistema de vendas em lojas físicas para um modelo baseado no e-commerce.

Por consequência, a Magazine Luiza (MGLU3) tem como principais pilares para esta transformação do seu modelo de negócio os pontos apresentados na figura 3.

magazine luiza MGLU3
Figura 3: Pilares estratégicos para a transformação do modelo de negócio da empresa.
Fonte: Apresentação Institucional da Magazine Luiza (2019).

Com toda a certeza, a figura 3 mostra que o modelo de negócio da empresa assume o processo de digitalização do varejo como prioridade.

Por isso, é possível observar que a Magalú atua no modelo omnichannel, ou seja, ora por vendas no varejo tradicional, ora por vendas pelas plataformas digitais (site oficial e aplicativo).

Como resultado de uma análise de mercado, a empresa propõe para o futuro um processo de direcionamento total do comércio varejista para o uso das plataformas digitais (Figura 4).

mglu3 ações
Figura 4: Evolução do modelo de negócio da Magazine Luiza (MGLU3).
Fonte: Apresentação Institucional da empresa (2019).

Quais as principais vantagens competitivas da Magazine Luiza (MGLU3)?

Inegavelmente, na minha opinião, a empresa apresenta diversas vantagens competitivas frente as principais empresas varejistas concorrentes:

  1. Aprimoramento da interface do aplicativo e do site da Magalú –  melhor experiência de compra de produtos aos seus clientes;
  2. Novas categorias de produtos – expansão da gama de produtos disponíveis;
  3. Crescimento exponencial da empresa;
  4. Entrega rápida;
  5. Atendimento multicanal;
  6. Digitalização das lojas físicas;
  7. Sustentabilidade e reputação.

Então, para que se tenha uma ideia, a apresentação institucional mais recente da Magazine Luiza mostra que a empresa teve um crescimento de 96 % do e-commerce e 300 % de crescimento de Marketplace!

Assim, este fato mostra que a empresa apresenta um crescimento exponencial absurdo!

Ademais, outro ponto que sempre chama a atenção quando o assunto é a Magalú é a velocidade surreal de entrega dos produtos!

Em virtude do atendimento multicanal, os veículos de entrega transportam tanto os produtos comprados nas lojas físicas quanto os produtos comprados por e-commerce. Isso faz com que o processo de entrega seja bastante otimizado e dinâmico.

Por consequência, mais de 60 % das entregas acontece em até 2 dias úteis, o que mostra e eficiência da Malha Luiza + Logbee como distribuidoras dos produtos (Figura 5).

mglu3 ações
Figura 4: Sistema de distribuição de produtos da MGLU3.
Fonte: Apresentação Institucional da Empresa (2019).

Por causa de todas estas vantagens competitivas, vejo que a empresa tem um grande potencial para continuar crescendo nos próximos anos.

MGLU3: ações na bolsa de valores

Embora a empresa tenha cerca de 63 anos, o IPO da Magalú na bolsa de valores foi somente em 2011.

As ações da Magazine Luiza negociadas na B3 são exclusivamente ações ordinárias, ou seja, as ações MGLU3.

De acordo com o site Fundamentei, a empresa é listada no segmento de Novo Mercado e as ações MGLU3 apresentam um tag along de 100 % e um free float de 40,7 %, o que é um valor bastante aceitável.

Além disso, o site Fundamentei ainda mostra que os sócios majoritários principais responsáveis por terem grande parte das ações MGLU3 são:

  • LTD Administração e Participações S.A. – 53 % das ações MGLU3;
  • Wagner Garcia Participações S.A. – 3 % das ações ordinárias da MGL3;
  • Luiza Helena Trajano Inácio Rodrigues – 1% das ações da empresa.

MGLU3 vai subir mais?

Certamente, esta é uma das perguntas que mais recebo sobre as ações da MGLU3!

É provável que todo dia, eu receba exatamente esta questão: Ah, Rodrigo, você acha que a MGLU3 vai subir ainda mais?

Antes de mais nada, a renda variável pode oscilar sempre para cima ou para baixo!

Além disso, um dos pontos mais importantes para a empresa crescer e, consequentemente, ter a valorização de suas ações é a geração de lucro e controle de dívidas no longo prazo.

Portanto, SE a Magazine Luiza (MGLU3) continuar a ter um modelo de negócio consistente que entregue lucros crescentes ao longo dos anos, é bastante provável que a MGLU3 vai subir!

É claro que o crescimento orgânico de uma empresa depende de vários fatores, mas a geração de lucro é normalmente um fator determinante neste processo.

Se você é iniciante e não sabe como funciona a renda variável, sugiro que leia esse artigo do blog.

Para concluir a minha opinião sobre a MGLU3

Na minha opinião, considero a Magazine Luiza (MGLU3) com uma das melhores empresas do setor de varejo listadas na B3.

Sem dúvida, na minha visão, se a empresa continuar entregando lucros crescentes, acredito que ainda há espaço para que as ações MGLU3 valorizem ainda mais no longo prazo!

O que acharam do artigo? Me diz aí!

Um abração e até logo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *